Com a pandemia global, a saúde mental não só se tornou uma questão social mais ampla, mas também um grande desafio no local de trabalho e fora dele. Tem um impacto profundo no desempenho individual, na eficiência da equipe e na produtividade. Devido a essa pandemia as opções de lazer, entretenimento e trabalho de todos... Continuar Lendo →

O veganismo é uma ideologia que anula toda e qualquer exploração animal, sendo ela na alimentação ou vestuário. Os que optam por esse tipo de alimentação, se abstém de alimentos de origem animal, isso inclui os seus derivados como, laticínios, ovos e mel, assim como produtos testados em animais. Este movimento visa promover os direitos e proteção dos bichos, tendo assim, uma dieta balanceada em vegetais.

O Centro Universitário Estácio de Brasília, promoveu no último dia 30, o evento Estácio de Portas Abertas, com uma programação para todo o dia para estudantes e toda a comunidade. Pela manhã, a professora Helen Lima ministrou uma palestra com o tema: Precisamos falar sobre Depressão e Suicídio, visando maior conscientização dos alunos e todo corpo social sobre assunto delicado, que atinge milhares de pessoas no mundo.

Os números relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas no Brasil vêm atingindo níveis alarmantes, maior até do que substâncias ilícitas. Dados trazidos pelo 3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, organizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), revela que mais da metade da população entre 12 e 65 anos consumiu álcool em algum momento da vida. 46 milhões de Brasileiros admitiram ter tomado ao menos uma dose nos 30 dias anteriores à pesquisa, ao mesmo tempo em que 2,3 milhões de pessoas apresentaram características que se encaixam na dependência alcoólica nos últimos doze meses pregressos ao levantamento.

O câncer é uma doença que sempre foi vista como extremamente assustadora, mas nos últimos tempos a fama de incurável está sendo deixada para trás. Programas, projetos e ações de prevenção, cuidado e conscientização têm se espalhado por todo o país e o mês de outubro, dedicado especificamente à visibilidade do câncer de mama, tem contribuído no processo.

As manhãs frias e as tardes quentes têm causado desconforto aos moradores da região Centro-Oeste. Com mais de 100 dias sem chuva, os jovens estudantes têm sofrido com doenças de pele e problemas respiratórios causados pela baixa umidade do ar e as altas temperaturas.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑