Precisamos falar sobre Depressão e Suicídio

Segundo palestra ministrada pela professora Helen Lima, o assunto não deve ser apenas abordado no setembro amarelo, mas diariamente.

IMG_1113

Por: Dinah Andréa e Wenderson Beckister

O Centro Universitário Estácio de Brasília, promoveu no último dia 30, o evento Estácio de Portas Abertas, com uma programação para todo o dia para estudantes e toda a comunidade. Pela manhã, a professora Helen Lima ministrou uma palestra com o tema: Precisamos falar sobre Depressão e Suicídio, visando maior conscientização dos alunos e todo corpo social sobre assunto delicado, que atinge milhares de pessoas no mundo.

Para a doutora e professora do curso de psicologia da Estácio Brasília, Helen Lima, a palestra fortalece a comunidade para uma discussão aberta sobre a depressão e suicídio. ‘’A intenção é que a gente possa sensibilizar as pessoas a respeito da temática da depressão. Muitos tratam esse estado de sofrimento como frescura e falta de ocupação. O objetivo é que essas pessoas possam entender a depressão e identificar pessoas que estão nessa situação”, afirmou.

IMG_1089

Durante o evento, a palestrante também ressaltou o uso das tecnologias digitais como brecha para a depressão, especialmente quando se usa de maneira intensa. “Quando a gente estuda a evolução da depressão, a tecnologia aparece como um elemento muito importante. As redes sociais camuflam uma realidade e nos impõem uma vivência de uma determinada situação que muitas vezes são falseadas. E a partir daí ela começa a imprimir o padrão de consumo e comportamento”, ressalta.

De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de suicídio aumentou 7% no Brasil a cada 100 mil habitantes, o que faz o país ficar na contramão do índice mundial, que caiu 9,8%, segundos dados da OMS.

IMG_1097

Mariana Juliane Nogueira Reis, estudante de pedagogia, disse que a palestra foi muito importante para ajudá-la a tirar algumas dúvidas sobre o tratamento. “Ajudou muito. Esse momento foi um grande passo para eu procurar ajuda, pois, a palestra foi um empurrão para eu perceber que enquanto ainda está pequeno pode ser mais fácil de ser resolvido de quando estiver grande”, disse.

O Centro Universitário Estácio Brasília disponibiliza o Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NAAP). O agendamento pode ser feito no apoio docente, que fica na própria instituição.

Portas Abertas

O Estácio de Portas Abertas conta com diversos atrativos dentro da instituição, como concurso de cosplay, workshops, máquina fotográfica e muito mais, “o objetivo principal do Estácio de Portas Abertas é acolher o público externo, aproveitando e usufruindo das atrações que estamos disponibilizando. É um momento que a Instituição abre as portas para abraçar a comunidade e os nossos alunos”, afirmou o organizador do evento e coordenador da Comissão Própria de Avaliação, professor Olyver Tavares.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s