Aprovado projeto de lei que ajuda a prevenir abuso de drogas no DF.

PL aprovada pela deputada distrital Jaqueline Silva (PTB), visa a saúde mental dos estudantes do ensino superior.

IMG_20191008_094106

Por: Anderson Rodrigues

Passou pela câmara legislativa do Distrito Federal, o PL n° 85/2019. O objetivo do texto é normatizar regras as instituições de ensino superior sobre o uso abusivo do uso de drogas pelos estudantes. Com esse projeto de lei sendo sancionado pelo governador, as universidades terão de dar mais atenção à saúde mental de seus discentes.

A nova medida busca diminuir o consumo de drogas pelos jovens estudantes, já que existe um aumento no consumo como revela o último levantamento feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Cerca de 7,4% dos jovens de 18 a 24 anos consumiram drogas ilícitas no último ano, o número é maior entre os homens que correspondem a 5% e as mulheres há 1,5%, a pesquisa foi feita entre 2014 e 2017, envolvendo 17 mil entrevistados. O estudo só foi liberado no dia 8 de agosto de 2019, sendo o levantamento mais recente.

20191007_233117_0000

Segundo a psicóloga Fernanda Caldas, que trabalha no Centro de atendimento socioeducativo (CASE), a procura de jovens por drogas se deve a três vertentes. A primeira é a falta de assistência familiar, “ter o filho cada vez mais próximo, para que ele tenha todo o suporte emocional para que não se sintam na necessidade de suprir esse vazio emocional” cita a psicóloga. Outra vertente são os problemas familiares, como separações, brigas, alcoolismo, pais que também passam por situações emocionais e que não conseguem dar suporte aos filhos, e os filhos acabam querendo fugir dessa realidade deles, suprindo com o uso de drogas. E por último a curiosidade, Fernanda Caldas diz ser uma vertente importante de se ressaltar, pois às vezes tem um meio familiar bem positivo, mas que também tem essa curiosidade. “Além de se prevenir prestando assistência a seus filhos, os pais devem buscar apoio em grupos, ajuda psicológica, psiquiátrica, com uso de medicação que ajuda na substituição nesse tipo de droga de ilícita para lícita” afirma a profissional.

O projeto vem nesse sentido de prevenção, buscando ações com atividades que duram uma semana, ao menos uma vez por semestre e ajudem a diminuir os números e os prejuízos aos usuários, familiares e a sociedade. A intenção é trazer um serviço permanente, contando com orientação sobre os riscos do uso de drogas ilícitas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s