Oficina desperta estudantes para a criatividade

Na sessão noturna das oficinas da Semana da Comunicação, a palestrante Nathália Coelho trouxe dicas para que os estudantes possam desenvolver uma escrita criativa

ec6fc92c-7e4e-4be1-97bc-24239ab5de25Foto: Julia

Por Arthur de Souza

Continuando a série de oficinas da Semana de Comunicação, o Centro Universitário Estácio de Brasília trouxe para os alunos, na noite desta terça (24), a jornalista e escritora Nathália Coelho, que deu dicas e promoveu exercícios para despertar a escrita criativa dos participantes.

Nathália fez questão de falar que não existe uma técnica específica para se ter criatividade, só é necessário que cada um a desperte, seja por meio de leituras, do autoconhecimento, entre outras dicas.

“A maior dica que eu dou para os estudantes de comunicação é passar a ter um olhar atento para as próprias experiências de vida, porque qualquer texto precisa de um olhar mais sensível da realidade e, ampliando essa sensibilidade, é possível ter uma escrita criativa”, ressaltou a palestrante.

Para a jornalista, quando se tem uma escrita criativa, o profissional sai da normalidade e se destaca entre os outros. “Você sai muito à frente no mercado quando se tem ideias boas, não necessariamente algo novo, que nunca foi pensado, mas uma solução nova para algo que todos propõem a mesma coisa”, completou.

Julia Zouain, estudante do sétimo semestre de jornalismo, avaliou a oficina como muito proveitosa, pois focou em pontos essenciais para a desenvoltura de uma escrita criativa. “Eu achei muito interessante quando a Nathália sugeriu que fizéssemos algo novo todos os dias, pois isso faz com que a gente pense sempre diferente do dia anterior, evoluindo assim como pessoa”, lembrou a estudante.

Para Lucas Luz, do quarto semestre também de jornalismo, a oficina trouxe renovação. O estudante afirmou que ela veio em um bom momento, “pois estamos em um período pré provas e outras atividades acadêmicas”. Lucas também afirmou que é muito importante receber essas dicas de alguém que tem experiência e já está no mercado. “Foi muito interessante ouvir sobre o autoconhecimento, pois ele é necessário para que possamos saber os nossos limites e até que ponto nós precisamos parar”, finalizou.

As oficinas continuam até a quinta-feira (26), quando acontece a cerimônia de encerramento. Participe!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s