Com partidas no Mané Garrincha, campeonato Brasiliense tem crescimento significativo de público pagante

Candangão 2019 atinge evolução com público e supera temporada 2018

Estadio nacional
Cresce público em estádios do Distrito Federal / Foto: César Carvalho

Por Ana Carolina Meireles e César Carvalho

Edição: Cícero Lourenço

Com jogos realizados no estádio Mané Garrincha, arena que foi sede de 10 partidas da Copa do Mundo em 2014 e da Copa das Confederações em 2013, a competição teve uma das melhores médias de público pagante da década.

Se em 2018, o campeonato registrou uma das piores médias de público pagante, 660 pessoas, números próximos aos de 2012, o pior da década, com média de 639, em 2019 o público voltou a frequentar os estádios candangos.

De acordo com a Federação de Futebol do Distrito Federal, foram realizados 80 jogos em 2019, mesmo número de 2018, porém a média de pessoas pagantes saltou de 660 para 1.065,3. Um crescimento de mais de 60% em relação ao ano anterior.

Dos três maiores públicos na temporada, duas partidas foram no Mané Garrincha. Para Sheyla Cristina, torcedora do Flamengo e simpatizante do futebol candango, o fato da partida acontecer no Mané Garrincha chama o público. “Eu prefiro vir em jogos que são realizados no Mané Garrincha por alguns fatores, dentre eles a segurança que acaba sendo maior e a facilidade de locomoção, por ser um estádio no centro da capital, tem transporte público com maior facilidade’’, relata a torcedora.

Confira um resumo comparativo dos campeonatos 2018 e 2019:

infografico candangão

Mas nem tudo são flores. Para o torcedor, Kleiton Carvalho frequentador assíduo das partidas do seu time, o Luziânia, o que falta é segurança e infraestrutura nos estádios considerados pequenos. “Para alcançar um público maior, é preciso melhorar a segurança do local além de melhorar a infraestrutura dos estádios menores, sem o policiamento adequado, o medo acaba afastando os torcedores dos estádios”.

Já para Wanderley Gonçalves, mais conhecido como Batata, ex-jogador que atuou em diversas equipes do DF e em clubes maiores como São Paulo e Corinthians, a falta de um calendário ativo no Centro Oeste faz com que os torcedores não criem o hábito de frequentar os estádios. Batata defende a criação de campeonatos que envolvam times do Centro Oeste e acredita que assim ajudaria a desenvolver o esporte local.

Confira o áudio do ex-jogador Batata:

Gama conquista 12º título candango

Sábado (20/04), aconteceu no Estádio Nacional Mané Garrincha, a segunda e decisiva partida da final do campeonato Brasiliense de futebol do Distrito Federal. Podendo perder até por um gol de diferença, o time do Gama soube administrar a vantagem obtida na primeira partida, 3×1 contra o Brasiliense e, com um empate em dois gols para cada lado, conquistou o 12º título do Candangão.

Foi um total de 17 jogos, sendo 14 vitórias, três empates e nenhuma derrota. Campanha invicta que gerou um aproveitamento de 88,3% e deu ao alviverde candango outro título, o de campeão do século, ultrapassando o extinto time da capital federal CFZ de 2002:

1º Gama 2019 – Aproveitamento 88,3%

2º CFZ 2002 – Aproveitamento 82,1%

3º Brasiliense 2006 – Aproveitamento 78,6%.

Garantindo o Segundo Semestre

Assegurar um time entrosado e na ativa é o grande desafio das equipes que disputam o campeonato brasiliense. Com o fim do estadual, várias equipes encontram pela frente um hiato que perdura até a próxima temporada. A falta de competições oficiais no segundo semestre faz com que equipes se desmontem, perdendo patrocinadores e consequentemente um elenco competitivo.

Por isso além da importância do título, o campeão e o vice, garantem o calendário para o segundo semestre do ano seguinte. Classificam-se, automaticamente, para três competições a nível nacional: Copa Verde, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da série D.

O Gama, pensando na temporada 2020, renovou contrato com o técnico campeão candango 2019, Vilson Tadei, e o Brasiliense, vice-campeão candango em 2018 e 2019, estreia dia 04 de maio, em casa contra o Serra ES, pela série D do brasileirão.

 

 

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s