Casa Azul: O sonho que virou realidade!

Com oficinas e programas para combater a desigualdade social, hoje o local fornece assistência às famílias, junto ao CRAS e instituições privadas

Por Caroline Costa, Felipe Carvalho, Izabelle Gonçalves e Leticia Valadares

CAPA.jpg
Foto: Caroline Costa – (Em 2016, após um forte temporal que atingiu a região, alguns dos alunos pintaram o quadro como forma de apoio).

Localizada na quadra 315 da Samambaia Sul, a Casa Azul Felipe Augusto é um projeto social que atua no combate as desigualdades socais oferecendo assistência à famílias, adultos, crianças e adolescentes.

A Organização Não Governamental (ONG) funciona no contraturno escolar e traz várias atividades como artes, teatro, música (flauta, percussão, orquestra), dança (balé e hip hop), informática, atividades esportivas e capacitação profissional.

No total são atendidas mais de 1.900 crianças e jovens de 6 a 24 anos. Boa parte, encaminhados pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

Todas as atividades desenvolvidas são realizadas através de oficinas ou programas. Dentre eles: Brincando e Educando, De Olho no Futuro, Fazendo a Diferença, Entra na Roda e Construindo Vidas.

Maria Elizabeth, coordenadora do programa Entra na Roda, fala um pouco sobre o projeto:

Maria Elizabeth.jpg
Foto: Caroline Costa

A instituição, além de ser mantida com doações, recebe recursos de convênios com setor público e parcerias com instituições privadas, contribuições de apoiadores e arrecadações em bazares.

De acordo com Jennifer Araújo, responsável pelo setor de comunicação da casa, todos os alunos recebem auxilio do serviço social. “Todos os educandos da casa ao entrarem na instituição são acompanhados pela equipe do psicossocial, eles têm atendimento psicológico e atendimento da assistência social”.

Ela diz que as famílias também passam a ter acompanhamento. “As famílias são acompanhadas por meio de rodas terapêuticas, palestras, atendimentos individuais, para que esses profissionais identifiquem necessidades especificas nessas famílias e consiga atuar de forma acertada”.

As atividades da ONG são realizadas por professores contratados e voluntários. Eles também passam por esse atendimento, participam de rodas em grupo e atendimentos individuais para que, caso haja alguma necessidade, esta seja sanada.

A comunicadora fala sobre como funciona o programa De Olho no Futuro e qual a forma para participar dos cursos oferecidos:

Josselma Viana, coordenadora dos programas De Olho no Futuro e Brincando e Educando, diz que a maior dificuldade da Casa Azul hoje é alcançar mais parceiros para conseguir encaminhar mais jovens e adolescentes para o mercado de trabalho.

Ela afirma que a contribuição da comunidade é bem-vinda. “Precisamos de mais parceiros que venham se tornar sócios contribuintes; Eles podem ser a própria comunidade. Não precisa ser necessariamente empresários. Oferecemos uma grande camada de oficinas então precisamos ter algo financeiro e rentável para oferecer todo esse trabalho com mais qualidade”.

Entre os voluntários da Casa Azul Felipe Augusto, encontramos o porteiro José Marques, mais conhecido como seu Zé, que trabalha na instituição desde a fundação. Ele conta que na época da invasão, a mais ou menos 20 anos atrás, ele fornecia água para que o local continuasse com o serviço, e que a esposa também prestava trabalho voluntário fornecendo sopa para as crianças e os adultos que iam até lá.

José Marques.jpg
Foto: Izabelle Gonçalves

 

Atualmente José Marques é contratado pela Casa Azul, e diz que uma de suas maiores felicidades é prestar serviço para a instituição que valoriza tanto ações sociais

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Torne o Natal de uma criança mais feliz

A Casa Azul faz campanha para arrecadar brinquedos e materiais escolares para o ano letivo.

Ela promove uma campanha de Natal todos os anos onde beneficia cerca de 1.200 crianças e adolescentes com materiais escolares e brinquedos. Essa campanha consiste em buscar padrinhos, doadores, que contribuam com itens escolares ou com o valor de R$ 75,00. Esse dinheiro é destinado para a compra dos itens que vão no Kit de natal, como: mochila, estojo, caderno, bola/boneca, e etc.

Caso você também queira ser um padrinho desse projeto, doando o kit entre em contato com a Casa Azul.

Caso queira fazer o depósito em dinheiro, as doações podem ser feitas através da Assistência Social Casa Azul, Agência número 0452 – 9, Conta: 238385 – 3 Banco do Brasil e para mais informações acesse: www.casazul.org.br

Educação.png


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s